Visitantes

 

Bicilinha montada para visitantes: Fabrício, Gustavo (ambos da cidade de Lucélia) e Douglas (Maringá - PR)

 

Estávamos num churrasco no meu serviço, na Microlins, aí convidei o povo para andarmos na invenção no mesmo dia a tarde.

Fomo em 4: eu, meu afilhado Fabrício, o amigo Gustavo (ambos de Lucélia) e Dougas (Maringá)

 

Fabrício e Gustavo são daqui mesmo de Lucélia mas o Gustavo nunca tinha andado. O Douglas, que veio a trabalho realizar a captação de alunos das escolas, é de Maringá e também nunca tinha andado. Daí surgiu a idéia de montar para nós andarmos. A idéia era sair da cidade, pois fazem mais de 3 anos que não saio daqui da cidade de Lucélia via Ferrovia com a Bicilinha.

 

Fomos no dia 06/08/05, saímos daqui as 13:00 e voltamos lá pelas 17:00. Até a metade do caminho, não havia tanto mato.

Faz tanto tempo que não passa trens aqui, que até colocaram cerca na ferrovia!

Vai nós, quase se matando para pular uma delas com a invenção levantada!

 

Confira nas fotos alguns momentos de nossa viagem "cercada".

 

> > >  ATENÇÃO  < < < 

 ESTE INVENTO ESTÁ PROTEGIDO POR PATENTE, QUALQUER 

PLÁGIO OU CÓPIA INDIRETA SOFRERÁ PUNIÇÕES PREVISTAS NA LEI

 

>>> IMPORTANTE <<<

Caso queira copiar alguma foto para seu próprio

site, exibir obrigatoriamente seu

endereço de origem: www.lelotrem.com

caso contrário, está vedada a permissão

para cópia das fotos

 

______________________________________________________________

 

Para visitar corretamente este site, leia as notas a seguir:

 

>>> NOTAS IMPORTANTES <<<

 

Algumas dessas fotos são de alta resolução, ou seja,

seu tamanho é maior do que o tamanho exibido ao clicar.  

Caso deseje ver num tamanho maior, copie-a para seu micro clicando 

clicando com o botão direito em cima da foto.

Abrirá um pequeno menu, clique em "Salvar figura como". Depois,

abrirá uma tela, onde você selecionará o local da gravação da foto. Selecione

o caminho desejado (C:, por exemplo), e clique em "Salvar".

Logo, vá ao Windows explorer e localize a foto através do caminho

indicado por você. Dê dois cliques e pronto! A foto deverá se abrir.

______________________________________________________________

 

Toda vez que você clicar na foto, abrirá outra página com a foto maior.

Em todas as páginas, haverá um link "Voltar", que retorna a essa página.

Se você estiver vendo as últimas fotos, logo quando clicar em "Voltar",

voltará a essa página mas no topo (em cima). Sendo assim, você

terá toda vez, de descer toda a página através da barra de rolagem para

ver as próximas fotos. Para evitar isso, é aconselhável que você volte

 a essa página, apertando a tecla Retrocesso (em cima do "Enter"), pois aí

voltará a essa página exatamete no local onde você estava, e não no topo.

_______________________________________________________________

 

Para visualizar as fotos em um tamanho maior, 

clique sobre a foto desejada

Bicilinha montada para visitantes: Fabrício, Gustavo (ambos da cidade de Lucélia) e Douglas (Maringá - PR)

 

Aqui, foi logo depois que montamos. Esse local é embaixo de um pontilhão, que quando fui para Osvaldo Cruz, também tirei foto da invenção bem embaixo dele. Reparem como aqui a linha está limpinha quase sem nenhum mato. Da esquerda para direita: Fabrício, Gustavo e Douglas.

Aqui, o amigo Gustavo que nunca tinha andado antes na invenção.

E aqui, também o meu afilhado Fabrício e o amigo Douglas. Uma vez o Fabrício andou na invenção, já o Douglas nunca tinha andado.

Esse local, é logo depois do IBC onde fiz os primeiros testes na invenção. Reparem: faz tanto tempo que o trem não passa aqui, que até se ousaram a cercar a linha! O loco! Olha que retão limpinho... Pena que só são alguns metros dessa "limpeza"!

Logo após a cerca, mostrada na foto acima, fomos mais adiante. Mas logo tivemos que voltar, pois o mato ficou muito grande. Aqui, estávamos voltando perto do local da cerca, logo depois do IBC.

Olha que reta! Foi nesse exato lugar que testei a invenção quando a produzi. Na foto, nós famintos e com sede! Água!

Essa foi uma outra cerca. Já tínhamos passado ela quando estávamos indo, mas na volta foi pior. Aqui estávamos voltando, e tivemos que levantar a invenção como na ida, mas chegou num ponto que quase não agüentamos porque começamos a rir! Reparem no rosto do Gustavo! Ahahahahah que comédia! Forrrça!

 

Voltar

_____________________________________________________________